Renton

Ao longo da vida você é cobrado para tudo. Querem que você cresça, evolua, prospere, seja alguém. Alguém que se forme na faculdade, seja independente, construa a própria vida, tenha uma segunda formação e deixe um legado à nova geração. Dizem que você não pode falhar. Ao seu favor há todo um aparato tecnológico, um … Continue lendo Renton

Anúncios

Ano III

É surpreendente para mim também, não se engane. Três anos e setenta posts depois, o Um Abrigo segue vivo. Isso é muita coisa, pelo menos para mim. Não foi o primeiro blog que eu tive. Lembro que ainda no ensino médio eu tentei ser o Paulo Vinícius Coelho da minha geração e criei um blog … Continue lendo Ano III

O Caos – EPÍLOGO

Eu escrevi esse conto a pedido da Cláudia. Ela não me deu um tema, uma situação, nada; queria apenas que eu escrevesse uma história onde fossemos personagens. Depois de muito tempo eu entreguei esse conto para ela, que até hoje não sabe exatamente o que sentiu ao lê-lo. “Foi diferente”, disse ela. E só. Publicarei … Continue lendo O Caos – EPÍLOGO

O Caos – PARTE VI: “CHUVA, CHUVA, SERÁ QUE UM DIA VOCÊ IRÁ EMBORA? VOLTE DE NOVO ALGUM OUTRO DIA” (TALVEZ EU POSSA MUDAR)

Eu escrevi esse conto a pedido da Cláudia. Ela não me deu um tema, uma situação, nada; queria apenas que eu escrevesse uma história onde fossemos personagens. Depois de muito tempo eu entreguei esse conto para ela, que até hoje não sabe exatamente o que sentiu ao lê-lo. “Foi diferente”, disse ela. E só. Publicarei … Continue lendo O Caos – PARTE VI: “CHUVA, CHUVA, SERÁ QUE UM DIA VOCÊ IRÁ EMBORA? VOLTE DE NOVO ALGUM OUTRO DIA” (TALVEZ EU POSSA MUDAR)

O Caos – PARTE V: HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DOS RATOS

Eu escrevi esse conto a pedido da Cláudia. Ela não me deu um tema, uma situação, nada; queria apenas que eu escrevesse uma história onde fossemos personagens. Depois de muito tempo eu entreguei esse conto para ela, que até hoje não sabe exatamente o que sentiu ao lê-lo. “Foi diferente”, disse ela. E só. Publicarei … Continue lendo O Caos – PARTE V: HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DOS RATOS

O Caos – PARTE IV: UM SONHO

Eu escrevi esse conto a pedido da Cláudia. Ela não me deu um tema, uma situação, nada; queria apenas que eu escrevesse uma história onde fossemos personagens. Depois de muito tempo eu entreguei esse conto para ela, que até hoje não sabe exatamente o que sentiu ao lê-lo. “Foi diferente”, disse ela. E só. Publicarei … Continue lendo O Caos – PARTE IV: UM SONHO

O Caos – PARTE III: REMINISCÊNCIAS (“SINTA O MOVIMENTO, ELE É IMPLACÁVEL”)

Eu escrevi esse conto a pedido da Cláudia. Ela não me deu um tema, uma situação, nada; queria apenas que eu escrevesse uma história onde fossemos personagens. Depois de muito tempo eu entreguei esse conto para ela, que até hoje não sabe exatamente o que sentiu ao lê-lo. “Foi diferente”, disse ela. E só. Publicarei … Continue lendo O Caos – PARTE III: REMINISCÊNCIAS (“SINTA O MOVIMENTO, ELE É IMPLACÁVEL”)